Skip directly to content

Beto Pereira avalia afastamento da presidente Dilma

Por: 
Da assessoria
12/05/2016

O deputado Beto Pereira (PSDB) ocupou a tribuna nesta quinta-feira, 12/05, para falar do afastamento de Dilma Roussef do cargo de Presidente da República. Segundo o parlamentar, o processo de impeachment é o resultado do clamor vindo das ruas, com a mobilização de milhares de pessoas, e de uma gestão desastrosa, que tentou esconder a grave crise econômica pelo qual o Brasil estava atravessando nos últimos três anos. 
“A insistente retórica de golpe, utilizada pelo Governo Federal foi incapaz de sensibilizar a população e os políticos, já que a sociedade mostrou sua indignação nas ruas devido ao retrocesso que o país vive. O desemprego está em alta e a população não consegue pagar mais as contas, essa política de juros afeta a todos, gerou a recessão e a perda de receitas”, afirmou o deputado. 
 

Sobre o governo de Michel Temer, Beto Pereira afirmou que o novo presidente terá um grande desafio pela frente que é superar o pessimismo da população e acertar a condução da política econômica. “A economia do Brasil está em queda livre. O Fundo Monetário Internacional prevê um decréscimo no PIB de 3,8%. Esse é o país que espera a chegada do novo presidente. Temer vai precisar de uma equipe competente e garantir a governabilidade para poder fazer as mudanças necessárias”, ressaltou Beto.
Quanto a participação do PSDB nesse processo, o deputado disse que encaminhamento do partido é sustentar as devidas reformas necessárias para o país. “A grave crise que o Brasil enfrenta exige desprendimento e boa vontade de todos aqueles que têm compromisso com a sociedade. Porém, se Temer lotear o governo para atender fisiologismos, poderá cair no descrédito e, nesse caso, os partidos, como o PSDB, deveriam abster-se de participar da administração de Michel”, finalizou.