Skip directly to content

Beto Pereira defende união da Bancada Federal para garantir novos investimentos para o Mato Grosso do Sul

Por: 
Assessoria
19/02/2019

O deputado federal Beto Pereira (PSDB) participou na tarde desta terça-feira (19), da reunião da Bancada Federal sul-mato-grossense com o governador Reinaldo Azambuja. Foram debatidos temas como ampliação de investimentos para o Mato Grosso do Sul e a implantação de projetos que alavanquem o desenvolvimento social e econômico do Estado.

Reinaldo Azambuja entregou um documento aos deputados e senadores solicitando apoio para áreas importantes como educação, saúde, segurança pública, habitação, infraestrutura, agropecuária, meio ambiente e desenvolvimento regional. No documento, o governador solicita ainda, a interferência dos parlamentares junto ao Governo Federal para a liberação de recursos com restos a pagar, além de novas propostas de emendas parlamentares.

Para Beto Pereira esse é o momento em que a bancada precisa estar unida para defender os interesses de Mato Grosso do Sul. “O nosso Estado precisa de investimentos federais para destravar projetos que estão engavetados, como os de melhoria dos sistemas de logística. Além disso, temos que fazer uma ação efetiva para buscar novos investimentos para o Mato Grosso do Sul”, afirmou Beto.  

No encontro, outros temas foram abordados como a compensação da Lei Kandir e a duplicação da BR 163. Reinaldo Azambuja defendeu que o Tribunal de Contas da União (TCU) encontre uma solução para garantir a continuidade das obras de duplicação da rodovia, sob responsabilidade da concessionária CCR MSVia. A companhia assumiu a BR-163 em 2014 e recebeu o direito de explorar pedágios na pista em troca de investimentos na duplicação, que não foi concluída.

Sobre a Lei Kandir, a preocupação de Mato Grosso do Sul se dá por conta de um entendimento recente relacionado ao direito dos estados e Distrito Federal de receber compensações relativas à desoneração do ICMS nas exportações de produtos primários e semielaborados.

“São pautas que merecem toda a nossa atenção para que o Mato Grosso do Sul não saia no prejuízo, tanto na questão da duplicação da rodovia BR 163, quanto na compensação da Lei Kandir”, disse Beto Pereira.